Para provar que correntes não funcionam, nem as de oração

Tem fiel que cisma, não tem jeito. Como tem gente que segue fatwas que proíbem pessoas de fazer o país crescer, tem gente que JURA que uma corrente de orações vai salvar gente CULPADA de uma punição justa. Vejam o exemplo dos fiéis da Renascer: os dois chefes/papas/apóstolos/cristos/deuses/faraós daquilo ali foram pegos levando dinheiro ilegal para os EUA. Lógico, os fiéis disseram que era tudo mentira, eles eram inocentes, afinal eles são a perfeição na Terra.

Novidade, não são. MESMO. Eles fazem coisas erradas, são seres humanos como vocês, fiéis: abram sua Igreja e ganhem dinheiro para poderem ir para os EUA, e serem presos lá. Isso mesmo, serem presos. Se vocês forem culpados, vocês VÃO ser presos (pelo menos por lá, em condições ideais. Se ficarem no Brasil, isso não se aplica), e justamente. Não é porque vocês têm mols de pessoas rezando que a justiça vai deixar de ser feita. Agora, aprendam a não serem TROUXAS. Já se perguntaram de onde veio o dinheiro lavado? Ou ainda acreditam que o dinheiro era perfeitamente legal, e nada ali estava errado?

Technorati tags: ,

2 respostas para Para provar que correntes não funcionam, nem as de oração

  1. Alessandro "Jake Dust" Andrioni disse:

    “Se vocês forem culpados, vocês VÃO ser presos (pelo menos por lá, em condições ideais. Se ficarem no Brasil, isso não se aplica)”
    Bota ideiais nisso, né?

  2. Olha, para a Física, vivemos em um mundo onde não há ar, atrito, energia outra que não a cinética e a potencial…
    Pensar que, para a Justiça, vivemos em um mundo onde os criminosos são condenados é tão ideal quanto…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: